Escola Secundária Braamcamp Freire

O LCV é um espaço para ti. Frequenta-o!

Pesquisar este blog

Raios Cósmicos

terça-feira, 30 de junho de 2009

Físicos portugueses participaram na descoberta da origem dos raios cósmicos de alta energia

A luz e as partículas que nos chegam do Universo transportam consigo mensagens que nos permitem desvendar os segredos do Universo profundo!

O que são raios cósmicos?

Os raios cósmicos são núcleos (principalmente de hidrogénio e hélio) altamente energéticos que atravessam o Universo e que, quando passam pela nossa atmosfera, chocam com as partículas nela existentes, nomeadamente com núcleos de azoto (constituinte maioritário da atmosfera), produzindo-se desses choques uma chuva de outras pequenas partículas (cascata de partículas) que atingem finalmente a Terra.

O nosso planeta está constantemente a ser atravessado por essas chuvadas de partículas.Observatório Pierre Auger, Argentina:




Como são detectados?

Os físicos de partículas construíram “armadilhas” gigantescas para os caçar! O maior observatório de raios cósmicos do mundo – Observatório Pierre Auger - está na Argentina, numa imensa planície e tem uma área equivalente a 35 cidades, da dimensão de Lisboa. Neste observatório estão 1600 tanques de água, distanciados de 1,5 km uns dos outros. Cada tanque tem 12 toneladas de água. Da interacção da chuva de partículas, produzida pelos raios cósmicos, com a água produz-se luz que depois é convertida em corrente eléctrica por uma série de detectores. Os raios cósmicos também podem ser caçados por telescópios de radiação de fluorescência ou em estações espaciais.

Qual a origem dos raios cósmicos?

Os raios cósmicos são produzidos em ambientes extremamente energéticos, como explosões de supernovas.Os raios cósmicos de menor energia, que nos chegam de todas as direcções e em maior quantidade são produzidos no Sol e nas outras estrelas da nossa galáxia. A origem dos raios cósmicos mais energéticos (são 100 milhões de vezes mais energéticos do que as partículas que se produzem nos aceleradores de partículas mais potentes da Terra) foi desvendada este ano e resultou do trabalho conjunto de 370 físicos, de entre os quais 11 são portugueses.
Seguindo o rasto destas partículas, estes cientistas descobriram que os raios cósmicos de alta energia são produzidos em buracos negros supermaciços no centro das galáxias.


Cascata de partículas, captada por um telescópio de radiação fluorescente:



Se quiseres saber mais sobre raios cósmicos consulta: http://www.lip.ptexperiments/trc/

0 comentários:

 
Theme by New wp themes | Bloggerized by Dhampire